Feeds da Rede PAD Brasil

Arpilleras: filme, linhas e panos a serviço da resistência

Arpilleras: filme, linhas e panos a serviço da resistência

A cantora latino americana Violeta Parra dizia que a técnica de arpilleras é uma canção bordada. O trabalho, tecido em conjunto entre as mulheres que participaram de documentário, produzido pelo Movimento de Atingidos por barragens (MAB), esteve exposto no 8º Encontro Nacional, que aconteceu de 1 a 5 de outubro, no Terreirão do Samba, Rio de Janeiro (RJ), além de outros, feitos por militantes, em cursos de formação.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Leia a carta aberta sobre o sistema socioeducativo do DF

Inesc - qui, 05/10/2017 - 18:15

Promovida pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), por meio do projeto Onda/Vozes da Cidadania,  em articulação com diversas entidades e pessoas da sociedade civil, a  audiência pública "Para além das algemas"  buscou debater e encaminhar propostas – elaboradas pelos próprios jovens, com apoio dos/as educadores/as - que visam o aperfeiçoamento da política pública de medidas socioeducativas.

Leia a íntegra da carta apresentada durante a audiência:

Carta Aberta sobre o Sistema Socioeducativo do Distrito Federal

Audiência Pública, dia 18 de setembro de 2017

O envolvimento com o ato infracional não é fruto de escolha autônoma de adolescentes. A ausência de políticas públicas garantidoras de direitos ou políticas públicas discriminatórias, a falta de investimentos em áreas estratégicas, as enormes desigualdades sociais, o apelo radical pelo consumo, famílias desprotegidas e expostas a violências de diversas naturezas são os principais motores da perversa engrenagem que leva adolescentes para o circuito da criminalidade. Portanto, o desafio principal, no âmbito da prevenção, é investir, sobretudo, nas regiões mais desprotegidas.

Uma vez o/a adolescente envolvido/a com o ato infracional, o desafio passa a ser assegurar o cumprimento integral do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – Sinase, oferecendo condições para que desenvolva possibilidades para o convívio social com novas perspectivas. Condições para retornar à escola da comunidade sem discriminação, para conseguir trabalho digno que respeite a situação peculiar de adolescência, ter assistência para lidar com as dependências químicas, assim como tratar com seduções de diferentes naturezas que dificultam uma construção cidadã. Enfim, amparo para esse novo momento.

O sistema socioeducativo tende a ser uma ação do Estado pouco monitorada pela população e, apesar dos avanços na legislação, o sistema ainda não incorporou a nova concepção. O Estatuto da Criança e do Adolescente, assim como o Sistema Nacional do Sistema Socioeducativo – Sinase são taxativos quando determinam que as medidas sejam fundamentalmente educativas.

É urgente que se desenvolva uma perspectiva educacional diferenciada, um olhar humanizado para todo o conjunto de pessoas que atuam no sistema, sejam servidores/as, familiares, adolescentes, organizações da sociedade civil e voluntários/as.

Por isso, não aceitamos o uso de qualquer instrumento que não seja pedagógico para lidar com conflitos ou tensões. Não cabe a prática da autoridade violenta como a liberação do uso de gás de pimenta ou de armas de fogo nas Unidades Socioeducativas.

Insistimos na importância de projetos pedagógicos consistentes, construídos com a participação de todos os segmentos de cada unidade, que sejam amplamente divulgados, conhecidos e incorporados no cotidiano.

O sistema socioeducativo não funciona sozinho e é necessário garantir que todas as políticas públicas, famílias e demais setores da sociedade assumam suas responsabilidades perante o compromisso de garantir ao adolescente que cumpriu medida socioeducativa de privação de liberdade uma volta ao convívio social em patamares de cidadania e novas referências sociais.

O que se constata hoje é que o sistema tem adoecido servidores, adolescentes e familiares com as suas fragilidades e incertezas institucionais. O trabalho é tenso e angustiante, e, para o seu propósito se cumprir é necessário que se perceba a urgência de fazer prevalecer o caráter educativo sobre o prisional.

O grupo pontua situações a se superar:

PARA O SISTEMA DE JUSTIÇA

  • Observar o caráter de excepcionalidade da medida privativa de liberdade, privilegiando as medidas em meio aberto.
  • Desenvolver um contato sistemático do/a adolescente com o Defensor Público, informando aos adolescentes sobre o papel da defensoria.

 

PARA O EXECUTIVO

  • Assegurar o número de servidores efetivos suficiente para o pleno funcionamento do Sinase.
  • Implementar imediatamente atividades físicas e culturais conforme preconiza o Sinase.
  • Reformar ou construir espaços adequados para o desenvolvimento de atividades artísticas, culturais e pedagógicas.
  • Suprir as Unidades com materiais pedagógicos para o melhor funcionamento das escolas que atendem ao sistema socioeducativo.
  • Suprir as Unidades com material de higiene pessoal, vestimentas adequadas para o clima, alimentação saudável.
  • O fim imediato de revista vexatória.
  • Universalizar as ofertas de cursos profissionalizantes nas Unidades, observando os diferentes graus de escolaridade dos socioeducandos. Observar o Programa Temático 6221 (Educa Mais Brasília) do Plano Plurianual do DF (PPA-DF 2016-2019): Objetivo Específico 002 – Qualidade do Ensino – Meta 11: Ofertar Educação Profissional nas unidades de internação para 50% dos adolescentes e dos jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. (SEDF) – Ação Orçamentária 1755. Portanto, até o final de 2019, pelo menos, 50% dos adolescentes que estão cumprindo medida socioeducativa de privação de liberdade devem estar inseridos em formação profissional.
  • Garantir o acompanhamento sistemático de adolescentes egressos/as assegurando acolhimento na escola da comunidade e diálogos para evitar qualquer forma de discriminação; geração de renda na condição de aprendiz, quando for a demanda; suporte para lidar com as dependências químicas e ajuda para lidar com o contexto da violência que permanece nas comunidades. Considerar o Programa Temático 6228 - Famílias Fortes do PPA-DF – 2016-2019: Objetivo Específico 004 – Proteção Integral às Crianças, Adolescentes e Juventude – Meta 2: Capacitar os socioeducandos e acompanhar os egressos do Sistema Socioeducativo. (SECRIANÇA)
  • Assegurar linhas de ônibus e acesso a todas as Unidades de Internação – destaque para a Unidade de São Sebastião que não tem linha.

 

PARA O LEGISLATIVO

  • Assegurar na LOA orçamento adequado para a efetivação plena do Sinase e acompanhar a execução orçamentária;
  • Fiscalizar, em parceria com a Sociedade Civil, todas as medidas socioeducativas;
  • Provocar diálogos com o executivo e o judiciário a fim de se garantir a efetivação plena do Sinase e corrigir as possíveis distorções.

 

Articulação em favor do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal

Pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Atingidinhos protagonizam encerramento do 8º Encontro Nacional do MAB

Atingidinhos protagonizam encerramento do 8º Encontro Nacional

As crianças atingidas por barragens protagonizam o encerramento do 8º Encontro Nacional do MAB na manhã desta quinta-feira (5), em um momento de muita mística, compromisso e apontamentos. As mais de 200 crianças emocionaram os quase 4 mil participantes. Com suas palavras de ordem, exigiram que Temer nunca mais governe e denunciaram o crime de Marina. Por meio do teatro e brincadeiras, contam a história dos lutadores do povo.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

8º Encontro Nacional do MAB afirma luta pela soberania nacional

Encontro Nacional do MAB afirma luta pela soberania nacional

Mais de três mil e quinhentos atingidos e atingidas por barragens de todo o Brasil afirmam necessidade da luta pela soberania nacional, pelo projeto energético popular e pelos direitos dos atingidos

Leia mais:  Ideias centrais do Oitavo Encontro Nacional do MAB.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Ana Cañas: “A censura faz parte da manipulação da elite porque a arte faz pensar”

MST - qui, 05/10/2017 - 15:02
A cantora se apresentou no circuito cultural do MST no RN e falou sobre arte, cultura popular e conjuntura política
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Somos atingidos, somos diversidade

Somos atingidos, somos diversidade

Coletivo de diversidade sexual realizou sua primeira plenária durante Encontro Nacional do MAB, que ocorreu no Rio de Janeiro

Fotos: Joka Madruga

Mais uma vez o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) reafirmou seu compromisso com a construção de uma nova sociedade. Na quarta-feira (4), aconteceu a primeira Plenária Nacional da Diversidade Sexual, como parte da programação do 8° Encontro.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Incra restringe recursos para assentamentos rurais

MST - qui, 05/10/2017 - 13:16
Assentamentos exigem que o Incra promova o investimento em estradas, escolas e postos de saúde, além de financiamento para o plantio.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MST lança segunda temporada do programa “Café com MST

MST - qui, 05/10/2017 - 13:10
Temas do primeiro programa vão do avanço da direita à necessária reação dos trabalhadores em torno da hegemonia
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Menos cadeia, mais escola!

Menos cadeia, mais escola!

Contra o extermínio da juventude e a redução da maioridade penal, manifestação do Levante Popular e do MAB paralisa avenida no centro do Rio de Janeiro

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Encontro dos Primazes: Evangelismo, Discipulado e Reconciliação

IEAB - qui, 05/10/2017 - 12:13

O segundo e terceiro dias foram bem distintos em termos de agenda. A difícil pauta da reunião de 2016 desta vez se reduziu a praticamente duas horas de conversa a partir do relato da Igreja da Escócia sobre a decisão de aprovar a possibilidade canônica de matrimônio entre pessoas de mesmo sexo.

As reações vieram praticamente das mesmas fontes: Primazes do Sul global. A ausência de seis primazes – alguns dos quais mais radicais – representou uma pequena mudança no tom e nem provocou debate acirrado entre os presentes. O arcebispo de Cantuária, por questão de coerência, apenas reafirmou (com o apoio dos colegas do Sul global) que as mesmas consequências que foram experimentadas pela TEC e pelo Canadá se aplicariam igualmente à Escócia. O próprio Primaz da Igreja Episcopal da Escócia afirmou que a Província já estava consciente disso é que entende que seria injusto tratar de forma diferente Igrejas que assumiram o risco de alterarem seus cânones sobre a matéria.

A partir daí, a agenda da reunião tomou o rumo que se espera que a Comunhão tome: discutir o futuro da comunhão e seu testemunho no mundo através do anúncio do Evangelho, da renovação da espiritualidade e a pratica efetiva do serviço.

John Kafwanka, apresentou o projeto Discipulado Intencional. Um projeto que deve ser executado pelos próximos dez anos dentro da Comunhão. Algumas províncias tem feito adaptações locais para esta proposta. Um grupo internacional foi constituído para coordenar este projeto (o Brasil está representado pela Revda Tatiane Ribeiro).

Uma outra importante iniciativa, chamada de Venha o Teu Reino, tem a finalidade de convidar toda a Comunhão Anglicana a compartilhar de forma efetiva a pessoa de Jesus Cristo ao mundo. E, ao mesmo tempo, ser ocasião de renovação da vida e da espiritualidade devocional.

Muitas diferentes experiências foram partilhadas pelos distintos primazes da África, da Ásia e de Oceania. A conclusão a que se chega é de que o futuro da Comunhão passa pela adoção de uma forma mais concreta e envolvente de anunciar o projeto de Jesus.


Por isso é muito importante trabalharmos em união, sem o que o testemunho não gerará efeitos. Em outras palavras, o desejo de se caminhar juntos a despeito das diferenças permanece intocável.

Uma longa sessão foi vivenciada no dia de hoje sobre o tema da reconciliação. Relatos muito fortes e emocionantes da experiência das Províncias no Oriente Médio, na África, no Canadá e no Oriente revelam o quanto a Comunhão Anglicana pode ser instrumento de Deus para realizar o que é central no Evangelho: promover o reconciliação! Onde quer que o conflito que opõe pessoas entre si, povos, religiões e onde a exploração das pessoas pelas outras avilta a criação de Deus, a igreja é chamada a promover a justiça e a reconciliação.

Na noite da terça-feira, os Primazes foram liderados pelo Deão da Catedral de Cantuária em uma peregrinação de luzes pelos pontos mais significativos da Catedral. Foi uma jornada que lembrou tempos imemoriais desta linda Catedral e que concluiu em frente à Capela dos Santos e Mártires, lembrando aos Primazes que o martírio é parte do testemunho sacrificial que tem em Jesus mesmo o mais líquido exemplo.


O Encontro dos Primazes será concluído na sexta-feira próxima é um comunicado será feito à toda a Comunhão.

++ Dom Francisco de Assis da Silva

Primaz do Brasil

Diocesano em Santa Maria

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Organização e luta são tarefas fundamentais para a classe trabalhadora

Organização e luta são tarefas fundamentais Análise de conjuntura

A crise mundial do capital e golpe no Brasil refletem momento histórico difícil para trabalhadores, mas a luta e a organização do povo devem seguir cada vez mais fortes, na resistência contra a retirada de direitos e entrega do patrimônio. Essa foi a mensagem geral dos participantes da Análise de Conjuntura e Balanço e Desafios do MAB para o próximo período, realizada nessa quarta-feira, 4, durante o 8º Encontro Nacional do MAB.

O povo paga a conta da “crise”

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Juventude marca presença no Encontro Nacional do MAB

Juventude marca presença no Encontro Nacional do MAB

Jovens de diversos movimentos sociais destacaram a importância de sua ousadia e irreverência para a construção dos processos revolucionários


Texto: Mariana Pitasse

Fotos: Joka Madruga

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Atingidos por Barragens recebem Medalha de Mérito da Câmara do Rio de Janeiro

Atingidos recebem Medalha de Mérito da Câmara do RJ

O vereador Leonel Brizola Neto concedeu a medalha Pedro Ernesto pela luta do movimento em defesa da soberania nacional e dos direitos das populações afetadas por barragens.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Encontro Nacional tem a maior ciranda da história do MAB

Encontro Nacional tem a maior ciranda da história do MAB

Com dois anos de formação, estudo, aproximação, articulação e organização os atingidos e atingidas por barragens realizam de forma simultânea ao seu 8º Encontro Nacional a maior Ciranda do Movimento, com cerca de 200 crianças de todas as faixas etárias.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

“A Samarco não quer resolver a situação dos atingidos”

“A Samarco não quer resolver a situação dos atingidos” Entrevista

A Samarco age como o bandido que entra na casa, rouba, mata, destrói tudo, depois volta com um Decreto na mão para apagar as marcas do crime. Algumas autoridades se comportam feito cães de guarda vadios que, ao invés fiscalizar as empresas, ou mesmo enxotá-las, babam aos seus pés, lambem-nos e as protegem” (Claret)

Por Luciane Godinho

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MST participa de feira orgânica na Assembleia Legislativa do RS

MST - qua, 04/10/2017 - 20:47
Iniciativa inédita serve de piloto para a implantação de uma feira semanal na esplanada do Parlamento gaúcho
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MST lança segunda temporada do programa “Café com MST

MST - qua, 04/10/2017 - 19:09
Temas do primeiro programa vão do avanço da direita à necessária reação dos trabalhadores em torno da hegemonia.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MST inicia 1º turma de Pós-médio em Agroecologia

MST - qua, 04/10/2017 - 14:58
A turma será composta por 43 trabalhadores e trabalhadoras de assentamentos, comunidades indígenas, quilombolas e de pequenos agricultores, entre 18 e 49 anos.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Cultura e resistência estão na mesa do MAB

Cultura e resistência estão na mesa do MAB

Foto: Pedro Tucum

Texto: Luciane Godinho

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Organização, disciplina e disposição!

Organização, disciplina e disposição!

Para construir um evento com milhares de pessoas o que não pode faltar é organização, mas por aqui disposição e disciplina têm é de sobra!

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil