Feeds da Rede PAD Brasil

MST recebe o prêmio “Imprensa Bahia” pela luta contra as desigualdades sociais

MST - qua, 04/10/2017 - 11:18
O prêmio faz parte das comemorações dos 56 anos de Itamaraju, que reconhece a participação política e social de pessoas físicas e entidades que lutam contra as desigualdades sociais.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Milhares tomam as ruas do Rio de Janeiro em defesa da soberania nacional

Milhares tomam as ruas do Rio em defesa da soberania nacional

Cerca de 15 mil pessoas se concentraram em frente à sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, no Dia Nacional de Luta em Defesa da Soberania, convocado pela Frente Brasil Popular, nessa terça-feira (3 de outubro), dia de aniversário de 64 anos da estatal do petróleo. Os 4 mil atingidos por barragens de 19 estados brasileiros presentes no Encontro Nacional do MAB também engrossaram essas fileiras.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Seminário reúne especialistas de 11 países para discutir políticas públicas para agroecologia

MST - ter, 03/10/2017 - 18:34
Evento promovido pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul acontece de 4 a 6 de outubro, no Centro de Porto Alegre.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Relatório constata ampliação dos processos de retirada de direito e congelamento de investimentos públicos para a população

Inesc - ter, 03/10/2017 - 16:50

Desde abril deste ano, a Plataforma Dhesca Brasil investiga e sistematiza os impactos das políticas de austeridade e de desmonte do Estado – levadas a cabo pelo governo brasileiro - sobre os Direitos Humanos. O resultado do estudo, que contou com a participação do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), será apresentado nesta quarta-feira (4/10), às 14h, em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal.

Após a realização de cinco missões nos territórios, os relatores e relatoras destacados para as visitas constataram a ampliação dos processos de retirada de direitos e congelamento de investimentos públicos para a população. Durante o processo das missões, foram coletados depoimentos, realizadas reuniões e ouvidos gestores públicos, além de especialistas, integrantes do sistema de justiça e movimentos sociais. As informações das missões integram um relatório nacional, composto também por análises de indicadores sociais e orçamentários, discussões jurídicas e econômicas e por recomendações ao poder público.

José Antônio Moroni, membro do colegiado de gestão do Inesc, explica que a política econômica adotada nos últimos anos retirou recursos das chamadas políticas sociais e transferiu para as elites, seja por meio do financiamento direto e indireto de grupos empresariais, ou também dos instrumentos de pagamento da dívida interna. Para ele, a importância do relatório é esse atrelamento da política de austeridade adotada com os impactos gerados nos direitos humanos, pois “toda a estratégia do neoliberalismo é justamente desvincular a economia da política e esse relatório mostra que, ao contrário, a economia é fruto de opções políticas e, portanto, tem tudo a ver com a garantia ou a violação dos direitos humanos” concluiu.

Acesse o relatório completo aqui.

Participam da audiência Darci Frigo, presidente do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), Deborah Duprat, procuradora federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), Denise Carreira, integrante da Ação Educativa e da Plataforma Dhesca, Pedro Rossi, professor de Economia da Unicamp, Carmen Silva, do Movimento Sem Teto do Centro [de São Paulo] (MSTC), Paulino Montejo, da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e José Antônio Moroni, do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc). A atividade será coordenada pela Senadora Fátima Bezerra (PT/PI), integrante da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado.

Além de apresentado ao Senado, o documento será entregue ao Ministério Público Federal e às instâncias de direitos humanos da Organização dos Estados Americanos e das Nações Unidas.

Pela manhã, às 11h30, as entidades e movimentos que participarão da audiência pública promoverão, na praça dos Três Poderes, um ato simbólico em defesa dos direitos assegurados pela Constituição Federal.

Vamos falar sobre Orçamento e Direitos?

Se interessou pelo tema? Inscreva-se para receber nosso boletim por email!

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Atingidos por barragens defendem Eletrobrás pública

Atingidos por barragens defendem Eletrobrás pública

Mais de 4 mil atingidos que participam do Encontro Nacional do MAB se somaram ao ato do Dia Nacional em Defesa das Empresas Públicas nesse 3 de outubro. Os atingidos marcharam desde o Sambódromo, onde estão alojados, até a sede da Eletrobrás, na Avenida Presidente Vargas. A estatal, que é a maior empresa do setor elétrico no país, está sob risco de privatização.

O ato foi convocado pela Frente Brasil popular e reuniu milhares de pessoas nas ruas do Rio de Janeiro. Os eletricitários também decretaram paralisação nacional no dia de hoje.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Belo Horizonte recebe feira de produtos agroecológicos, arte e cultura

MST - ter, 03/10/2017 - 15:53
Sob o lema “Alimentar a luta, cultivar a arte!”, nos dias 6, 7 e 8 de outubro a Serraria Souza Pinto (BH) será palco de feira, debates e mostra cultural do campo
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Crítico da Memória: homenagem a István Mészáros

MST - ter, 03/10/2017 - 15:14
Poema feito por Ademar Bogo, do MST, em homenagem à vida de István Mészáros.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Enfim, é primavera: 97 anos de Ana Primavesi, pioneira da agroecologia no Brasil

MST - ter, 03/10/2017 - 14:06
Primavesi foi a primeira pessoa num meio científico majoritariamente masculino a defender que o solo tem vida
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Famílias assentadas comemoram três anos de conquista de Unidade Básica de Saúde

MST - ter, 03/10/2017 - 14:00
Estrutura localizada em assentamento de Nova Santa Rita, no RS, atende em média 2.250 pessoas
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Encontro do MAB reúne diversidade de culturas

Encontro do MAB reúne diversidade de culturas

O 8º Encontro Nacional do MAB, que acontece de 2 a 5 de outubro, no Terreirão do Samba do RJ, é de grande efervescência cultural. Aqui se pode ter contato com produções musicais, de vídeo, artesanato e culinária.

Um dia antes da abertura estava, sob as barracas, a batucada do Levante da Juventude, com inúmeros instrumentos de percussão. Já a abertura aconteceu com concerto do Grupo Mistura Popular, que, como o próprio nome diz, mistura vários ritmos e cujo vocalista é Jadir Bonacina, integrante do coletivo de cultura do MAB. 

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Nós que amamos a revolução, resistiremos!

MST - ter, 03/10/2017 - 13:31
1º Curso de Feminismo e Marxismo da região centro-oeste foi realizado entre os dias 24 e 27 de setembro em Várzea Grande, Mato Grosso.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Artigo: ANVISA proíbe o uso do agrotóxico paraquate; medida só valerá daqui 3 anos

MST - ter, 03/10/2017 - 13:03
Nos melhores casos, o contato com o veneno leva à morte rápida. Nos piores, leva à fibrose pulmonar e morte lenta.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Plano Popular de Emergência é lançado no Rio Grande do Sul

MST - ter, 03/10/2017 - 12:50
Documento da Frente Brasil Popular apresenta propostas para o país sair das crises política, econômica e social.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Educadores debatem a agroecologia como estratégia de luta no norte da Bahia

MST - ter, 03/10/2017 - 12:41
O evento contou com a participação de 100 profissionais da educação que atuam nos assentamentos e acampamentos do MST.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Abertura do Encontro Nacional do MAB pauta soberania nacional

Abertura do Encontro Nacional do MAB pauta soberania nacional

Com presença de Lula e representantes da esquerda brasileira, início do 8º Encontro Nacional do MAB mostra ousadia na luta e organização popular em defesa dos direitos e soberania nacional.

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

APIB alerta: suposto “Encontro nacional da agricultura indígena” é golpe da bancada ruralista

Inesc - ter, 03/10/2017 - 08:41

Leia a íntegra da nota da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil - APIB:

Nota de repúdio contra os golpes da bancada ruralista. Não ao suposto "Encontro nacional da agricultura indígena"

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) repudia veementemente a truculenta decisão
da Frente Parlamentar Agropecuária – bancada ruralista – de realizar, no dia 10 de outubro
próximo, no âmbito da Comissão de Agricultura, Abastecimento e Pecuária da Câmara dos
Deputados, uma audiência pública para supostamente “debater a produção agrícola indígena”.
Mesmo sem ter sido citada no requerimento e sem ter respondido ao convite, nem mesmo para
confirmar participação, os ruralistas incluíram de forma desrespeitosa a Apib e outras
organizações sociais na lista de expositores da programação.

A má fé não para por ai. O requerimento, de número 478/2017, assinado por parlamentares
declaradamente inimigos dos povos indígenas (Nilson Leitão, Valdir Colatto, Alceu Moreira e
Tereza Cristina) contém uma justificativa recheada de informações pirateadas na internet
relacionadas com experiências de produção e manejo territorial e ambiental de povos indígenas
dos Estados do Acre e Amapá, com o apoio de organizações governamentais e não
governamentais.

Só no final o requerente afirma: “Para buscar vencer os desafios enfrentados, e proporcionar uma
maior qualidade de vida alimentar e financeira dos indígenas, rogo aos ilustres pares o apoio para
aprovação do presente requerimento”. É Importante ressaltar no entanto que em momento
nenhum ele fala dos reais objetivos da audiência. Mas Nilson Leitão em depoimento revela: “Nós
aprovamos na Comissão de Agricultura um requerimento de Audiência Pública, foi por
unanimidade, para fazermos o 1º. Encontro nacional da agricultura indígena. Nós vamos debater,
vamos trazer as lideranças indígenas a Brasília, para debater a produção nas áreas indígenas
pelos índios, o direito deles de explorarem as suas terras, mas também muitas aldeias indígenas
estão encima de jazidas de minério, da esmeralda, do ouro e da prata. Muita gente enriquecendo
com isso, menos o índio. Então, esse encontro nacional da agricultura indígena que ocorrerá no mês de outubro, pela Comissão de Agricultura desta Casa, pela Frente Parlamentar Agropecuária,
debatendo com todas as lideranças indígenas do Brasil, com as Universidades, com a Embrapa,
com as organizações sociais e com os deputados de todos os partidos…”
As artimanhas dos ruralistas visam assim enganar e confundir a opinião pública e aos povos
indígenas.

A Apib, porém, sabe bem que uma “Audiencia Pública para debater a produção agrícola
indígena” não é o mesmo que um “Encontro nacional da agricultura indígena”, nem muito
menos uma “ Conferência Nacional de Agricultura Indígena”,
como alguns indígenas vinculados
aos ruralistas acreditam. Sabe também que a Frente Parlamentar Agropecuária jamais irá desistir
de seus propósitos de tomar conta das terras e territórios indígenas, seja para a expansão do
agronegócio, da pecuária e exploração dos bens naturais, ou para a implantação de grandes
empreendimentos, incluindo o extrativismo minerário industrial. Tais propósitos já foram
exaustivamente explicitados na Portaria 303 da AGU, na PEC 215, nas tentativas de alterar os
procedimentos de demarcação das terras indígenas, na CPI da Funai/Incra, na tese do marco
temporal e no Parecer 01/17 da AGU.

Por tudo isso, a APIB alerta e chama as suas bases: povos, organizações e lideranças indígenas a
não comparecerem a iniciativas como esta, a fim de não legitimar mais um golpe que a bancada
ruralista, suporte do governo ilegítimo de Michel Temer, tenta acertar contra os direitos
indígenas.

Brasília – DF, 28 de setembro de 2017.
Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – APIB

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Lula participa da abertura do 8º Encontro Nacional do MAB, no Rio de Janeiro

Lula participa da abertura do 8º Encontro Nacional do MAB

Ex-presidente parabenizou o movimento por levantar a bandeira da soberania nacional e prometeu se mobilizar para garantir os direitos dos atingidos pelo crime em Mariana (MG).

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MAB protesta em escritório da Vale, no Rio de Janeiro

MST - seg, 02/10/2017 - 20:48
Aproximadamente mil pessoas denunciaram os dois anos de impunidade do crime ocorrido com o rompimento da barragem em Mariana (MG).
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Em assembleia, mulheres Guaranis e Kaiowas reafirmam a continuidade da luta pela terra

MST - seg, 02/10/2017 - 16:54
Ao final do encontro foram elaboradas diversas cartas denunciando a atual situação do povo Guarani e Kaiowá. Os documentos também detalham as principais reivindicações deste povo, principalmente no que diz respeito às mulheres.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil