Feeds da Rede PAD Brasil

Chacina de sem-terra em Pau D’Arco é parte da sangrenta história de conflitos no Pará

MST - seg, 05/06/2017 - 15:29
Brasil de Fato esteve na cidade em que dez trabalhadores rurais foram mortos em operação policial.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Medicina Popular estará presente na 3º Feira da Reforma Agrária, em Salvador

MST - seg, 05/06/2017 - 15:20
Barraca oferecerá produtos fitoterápicos produzidos pelo Coletivo de Saúde do MST. Feira ocorre entre os dias 8 e 10 de junho.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Juventude Camponesa da Via Campesina em RO realiza III Acampamento

Juventude da Via Campesina em RO realiza III Acampamento

Com muita música, mística e animação a Juventude da Via Campesina em Rondônia iniciou na tarde da última sexta-feira, 2 de junho, o seu III Acampamento na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de RO (SINTERO), na cidade de Ouro Preto do Oeste-RO. 

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Concluída 2ª Turma de Formação dos Coletivos de Juventude, Comunicação e Cultura do Nordeste

MST - seg, 05/06/2017 - 14:52
Curso, realizado no Centro de Formação Paulo Freire, em Caruaru, Pernambuco, contribui para a movilização e formação da juventude Sem Terra.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Carga tributária brasileira precisa ser redistribuída para ser mais justa

Inesc - seg, 05/06/2017 - 00:15

Semana passada participamos do programa Expressão Nacional da TV Câmara para debater a injustiça tributária no Brasil. Além de nossa assessora Grazielle David, estavam presentes Guilherme Gonçalves, presidente da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje) e os deputados Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e Ênio Verri (PT-PR), respectivamente relator e vice-presidente da Comissão de Reforma Tributária da Câmara dos Deputados. Qual não foi a nossa surpresa em ver que entre os convidados havia um grande consenso: a carga tributária brasileira precisa ser redistribuída para ser mais justa.

"Esse é um momento muito único, de praticamente consenso: nós precisamos de uma redistribuição da carga tributária. Ninguém falou em aumentar, ninguém falou em diminuir, nós falamos em redistribuir a carga tributária", afirmou Grazielle durante o programa. "Isso é um momento muito especial e tem que ser aproveitado. Essa comissão da reforma tributária está ativa e com grande capacidade de fazer uma mudança importante para o país."

Assista abaixo ao programa na íntegra:

Durante suas intervenções, Grazielle lembrou que a composição da carga tributária no Brasil é perversa e injusta, porque tributa de forma indireta o consumo, penalizando desproporcionalmente aqueles que ganham menos. "Se eu vou a um supermercado e compro um produto, e eu ganho dois salários mínimos, pago o mesmo imposto que uma pessoa que ganha 20 salários mínimos." O cenário brasileiro é de uma tributação que, em vez de redistribuir, amplia a concentração de riqueza no país, penalizando quem menos recebe.

"No Brasil, quem ganha pouco mais de R$ 1.900 reais já sofre a mordida do Leão. Se a tabela do Imposto de Renda fosse corrigida todos os anos, esse valor subiria para quase R$ 3.500. Não bastasse isso, quem ganha até dois salários mínimos destina 49% dessa renda somente para pagar impostos. Mas, para os que recebem acima de 30 mínimos, esse percentual cai para cerca de 26%."

Grazielle frisa que o tributo não é um mal em si, não é um veneno. Ele tem um propósito e é preciso resgatar isso. "Para que existe tributo, afinal de contas? O tributo serve para financiar as necessidades da população, para organizar um Estado, para garantir infraestrutura, para permitir inclusive a economia fluir, a movimentação econômica, e garantir direitos."

E é nesse propósito de organizar um Estado e de garantir direitos que a gente tem o tributo, afirma Grazielle. O tributo não é um problema em si, o problema acontece quando ele é mal distribuído. "Por isso é tão importante fazer uma redistribuição da carga tributária. Hoje a gente enxerga o tributo como algo ruim porque ele é tributado de uma forma incorreta. Ele pesa desproporcionalmente sobre as pessoas. E como ele pesa desproporcionalmente, as pessoas naturalmente vão falar que ele é ruim."

A Justiça Fiscal tem a ver com a arrecadação e com a alocação do recurso do tributo, explicou Grazielle - e os demais convidados concordaram. Na parte da arrecadação, a pessoa sente o peso porque esse tributo vem mais indireto. Tudo que ela compra, já que metade da carga tributária é sobre o consumo, acaba pesando sobre a vida da pessoa. Por outro lado, aqueles que mais têm não sentem peso algum, porque a tributação sobre a renda é praticamente inexistente em nosso país. "Se formos comparar com os demais países, é metade do que a média mundial. A gente cobra a metade do que outros países cobram da renda e o dobro sobre o consumo. É muito desproporcional."

"A gente fez um levantamento no Inesc que mostra que o gasto tributário no Brasil está chegando a 5% do PIB, isso dá cerca de 20% da arrecadação. Então 20% do que é arrecadado está indo para gastos tributários, sem controle efetivo. Está sendo distribuído sem justificativa de fato e sem controle de sua efetividade."

Vamos falar sobre Justiça Fiscal?

Se interessou pelo tema? Inscreva-se para receber nosso boletim por email!

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Trabalhadores ocupam latifúndio na zona da mata mineira

MST - dom, 04/06/2017 - 11:19
Ao todo o Complexo Reunidas tem 2700 ha e pertence ao latifundiário Horácio Dias.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Equipe técnica avalia ações do projeto “Assentamentos Agroecológicos”

MST - sab, 03/06/2017 - 19:36
Avaliação foi feita durante seminário que ocorreu no Assentamento Paulo Kageyama, no município de Eunápolis, e contou com participação de 50 pessoas.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Começa o III Acampamento da Juventude da Via Campesina em Rondônia

MST - sab, 03/06/2017 - 19:16
Mais de 150 jovens camponeses, Sem Terra, indígenas e atingidos por barragem se reúnem por quatro dias na cidade de Ouro Preto.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Mensagem do Primaz para o Dia de Pentecostes

IEAB - sab, 03/06/2017 - 17:24

Em Deus faremos proezas Sl 60,12

Esta expressão claramente assumida no Salmo 60, traduz para nós a confiança que precisamos ter em Deus para superarmos os tempos difíceis que enfrentamos como Igreja no Brasil.

Estamos cercados por uma gama de desafios que às vezes enfraquece a nossa confiança. Nosso povo tem sido confrontado com uma realidade que parece ter retornado das sombras para nos ameaçar de novo. O país vive dias desconfortáveis onde a confiança nas instituições está sendo corroída e a cada dia um novo escândalo toma conta do noticiário, expondo a vergonha e os crimes cometidos contra a dignidade de nosso povo.

No cenário internacional, não muito diferente do que ocorre aqui, líderes se dão o direito de desconhecer compromissos muito sérios com o cuidado do meio ambiente e com os direitos humanos, em nome de um pretenso progresso que só empurra a humanidade para o seu próprio fim e que se contenta apenas em expandir egoísmo e lucro.

Voltando ao nosso país e no interior de nossa Igreja temos vivenciado experiências dolorosas de dissensos em torno de questões de poder e de eclesiologia as quais nos subtraem tempo e recursos que deveriam estar sendo usados na missão de Deus e no serviço ao povo.

Nos sentimos como se estivéssemos naquela sala superior (conforme relato de Atos dos Apóstolos), reunidos, confusos, inseguros, paralisados. Trancados entre quatro paredes enquanto o mundo lá fora pulsa com suas necessidades. Mas Deus não nos quer paralisados! Ele nos quer sacudir e acordar para fazer de nós seus autênticos instrumentos de transformação.

O vento impetuoso que sacode a sala inteira é a força que nos pode impelir para abandonar nosso medo, nossa preocupação excessiva com nosso bem estar, com o poder, com as estruturas e fazer como Pedro fez: por-se de pé e falar!

Oro a Deus para que tenhamos essa coragem. Oro a Deus para que nos embriaguemos do Espírito e anunciemos, sem medo, as proezas que Deus realizou, realiza e realizará em nossa Igreja, em nosso país e no mundo inteiro. Para tanto, é essencial sentirmo-nos completamente livres.

Vem Espírito Santo e renova a Criação, a Igreja e cada um de nós. Afasta de nós o medo e dá-nos a coragem necessária para anunciar as proezas de Deus para toda a humanidade.

++Francisco, Santa Maria

Primaz do Brasil

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Agroecologia só se faz com o povo organizado

MST - sex, 02/06/2017 - 12:42
Produção agroecológica do MST da Bahia será comercializada durante a 3ª Feira Estadual da Reforma Agrária, que acontece entre os dias 8 e 10 de junho em Salvador.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Atingidos da barragem de Setúbal se reúnem com Governo de Minas

Em MG, atingidos da barragem de Setúbal se reúnem com Governo

Sem água para beber, falta de títulos da terra, casas com rachaduras e pontes quebras foram às heranças deixadas pela empresa Rural Minas depois da construção de barragem

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

A simbologia dos quatro pilares. Para debater o Plano Popular de Emergência

MST - sex, 02/06/2017 - 10:17
Segundo artigo do Frei Sérgio Antônio Görgen, Plano de Emergência, lançado pela Frente Brasil Popular, simboliza a consigna: 'emprego, alimento, moradia e energia.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Educadores debatem a educação do campo na formação das famílias Sem Terra

MST - sex, 02/06/2017 - 10:05
4º Encontro de Educadores e Educadoras da brigada Ernesto Che Guevara foi realizado no Assentamento Margarida Alves, no Extremo Sul baiano, entre os dias 26 e 27 de maio.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

“O argumento de eleições indiretas tem base conservadora”, afirma Moroni

MST - sex, 02/06/2017 - 09:38
Membro do Inesc aponta que o Brasil tem uma tradição em desrespeitar o voto popular e defende a ruptura política.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Rondônia recebe o III Acampamento da Juventude da Via Campesina

Atividade acontece entre os dias 2 e 5 de junho e reunirá cerca de 150 jovens de todo o estado.De 2 a 5 de junho, na cidade de Ouro

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Evento na ONU discute vazamento da barragem da Samarco e retrocessos nas leis ambientais brasileiras

Conflitos socioambeintais e retrocessos nos marcos legais no Brasil: o caso emblemático da Bacia do Rio Doce

leia mais

Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

MST denuncia despejo iminente no Tocantins

MST - qui, 01/06/2017 - 18:30
O clima na região está muito tenso e o MST continua lutando e exigindo que esta área seja destinada para as famílias Sem Terra.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Sustentada por interesses dos setores ruralista e imobiliário, MP 759 é aprovada pelo Senado

MST - qui, 01/06/2017 - 18:26
Medida é apontada pelos movimentos como inconstitucional, por desobrigar o estado a desenvolver políticas públicas de Reforma Agrária.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Rondônia recebe o III Acampamento da Juventude da Via Campesina

MST - qui, 01/06/2017 - 18:10
Atividade acontece entre os dias 2 e 5 de junho e reunirá cerca de 150 jovens de todo o estado.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil

Universidades alagoanas na luta pela Reforma Agrária

MST - qui, 01/06/2017 - 18:00
Diversas instituições de ensino superior de Alagoas participaram da Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária.
Categorias: , Feeds da Rede PAD Brasil