Carta lançada por FUMEC – Federação Universal de Estudantes Cristãs/ãos.

 

O Golpe no Brasil e além, turbulências de época - reforçar o compromisso

1 setembro 2016

Debate com Silvia Federici

 

Após a realização da segunda Missão Ecumênica em Apoio aos Guarani-Kaiowá no MS, foi escrita a Carta denúncia dos Guarani Kaiowá  por  Elson Canteiro Gomes liderança jovem Guarani  Kaiowá de Caarapó  e firmada pelos integrantes da Missão Ecumênica. o Pad é uma das entidades que integram a Missão.

 

 

A sociedade civil brasileira e internacional se mobilizará num período anterior às

Olimpíadas, promovendo uma grande VIGÍLIA DA DIGNIDADE, NO DIA 01 DE AGOSTO DE 2016, NO

RIO DE JANEIRO.

É uma iniciativa em construção, que pretende ser um marco simbólico para a sociedade civil

nacional e planetária. Com uma plataforma comum, aproveitaremos a visibilidade das Olimpíadas

Enfrentar retrocessos e sensibilizar para uma cultura de direitos são objetivos da campanha

Organizações e movimentos promoveram caminhada com cerca de 800 pessoas lembrando que os direitos humanos também podem ser um modo de vida 

(English below)

As organizações, igrejas e agências que compõem o PAD e o Fórum Ecumênico Act - Brasil -FEACT-Brasil, que em outubro passado realizaram uma missão ecumênica em apoio aos Guarani-Kaiowá, vêm  outra vez manifestar primeiramente sua solidariedade aos povos indígenas do Mato Grosso do Sul, diante do assassinato de mais uma liderança e do grave ferimento a bala de mais cinco indígenas.

(English and Spanish below)

A instauração pelo parlamento brasileiro – com apoio dos setores mais conservadores da sociedade (empresariado, ruralistas, grupos fundamentalistas religiosos e mídia tradicional) – do processo de impeachment contra a Presidenta da República Dilma Rousseff criou um cenário de instabilidade política e institucional que traz graves ameaças à democracia e à garantia dos direitos humanos.

O PAD vem a  público reiterar sua preocupação com os impactos da grave ruptura com a ordem jurídica democrática no Brasil. O afastamento de uma presidente da República eleita através de processo legítimo, com 54 milhões de votos populares e sem que pese sobre ela qualquer crime, torna questionável todo o processo pelo qual levou ao seu afastamento.
Com a instalação do governo interino de Michel Temer, manifestações públicas vêm acontecendo por todo país contra o caráter ilegítimo de seu governo e a expressão   do golpe parlamentar, midiático e jurídico.
 

Órgão independente ligado à OEA rechaçou a morte da liderança do MAB em Rondônia, Nicinha, além de outros cinco assassinatos de defensores de direitos humanos registrados no Brasil, entre janeiro e fevereiro desse ano. ENGLISH VERSION HERE.