Carta aberta à presidente Dilma Rousseff pela regulamentação do Marco Regulatório das OSCs

Destaque: 
sim

Organizações, movimentos e entidades reivindicam que a Presidenta sancione integralmente o texto do relatório, tal como aprovado pelo Congresso Nacional.

 

 

Brasília, 16 de novembro de 2015

 

À Presidenta Dilma Rousseff,

 

O PLV 21 da Medida Provisória 684, que dispõe sobre a prorrogação da entrada em vigor da lei 13.019/14 – novo marco regulatório para as parcerias das Organizações da Sociedade Civil com a Administração Pública –, foi aprovado em caráter terminativo no Plenário do Senado Federal no dia 11 de novembro de 2015, após intenso processo de mobilização e diálogo, envolvendo organizações da sociedade civil, parlamentares e gestores de políticas públicas das diferentes esferas.

 

A lei 13.019/14 é um marco histórico nas relações de parceria entre poder público e sociedade civil. Foi amplamente debatida em todo o país e o resultado final expresso no PLV  21 manifesta consensos fartamente discutidos e negociados. O grande ganho será, certamente, das políticas públicas na área social, que agora podem contar com o engajamento das organizações da sociedade civil num ambiente de maior segurança jurídica, transparência e foco em resultados.

 

Acreditamos que o texto do relatório aprovado no Congresso Nacional traz aperfeiçoamentos e corrige diversas distorções que existiam na redação original. Por esse motivo, reivindicamos que a Sra Presidenta sancione integralmente o texto do relatório, tal como aprovado pelo Congresso Nacional.

 

Solicitamos também que, ainda no mês de dezembro do corrente ano, a Sra Presidenta assine o Decreto de Regulamentação Federal, de modo a que possamos nos preparar adequadamente para a tão ansiada entrada em vigor da lei em janeiro de 2016.

 

Marco Regulatório das OSCs sem veto! Regulamentação já!

 

****

 

Pela Plataforma das OSCs, assinam as organizações que integram seu Comitê Facilitador:

 

Associação Brasileira de ONGs – ABONG;

 

Cáritas Brasileira,

 

Conselho Latino-Americano de Igrejas  - CLAI Região Brasil,

 

Confederação Brasileira de Fundações – CEBRAF,

 

Fundação Grupo Esquel Brasil,

 

Grupo de Instituto, Fundações e Empresas – GIFE,

 

Movimentos dos Atingidos por Barragens – MAB,

 

Movimento dos Sem Terra – MST

 

União Nacional de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária – UNICAFES,

 

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social,

 

Federação Nacional das APAES – FENAPAES,

 

Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento – FBOMS,

 

Instituto de Estudos Socioeconômicos – INESC,

 

Rede Evangélica Nacional de Ação Social – RENAS.

Fonte: 
Plataforma das OSCs