Circular no 20/2014 – Todos a Brasília em 1º de Janeiro – Levantar as bandeiras da Constituinte na posse de Dilma

Destaque: 
sim

A presidenta Dilma Roussef recebeu, em Outubro, o resultado de nossa campanha: quase 8 milhões de votos coletados, com a ampla maioria respondendo SIM à convocação da Constituinte. Logo que eleita, defendeu a Constituinte e foi rebatida por setores conservadores. Por isso, é fundamental que, na ocasião da cerimônia de posse da presidenta, no dia 1º de Janeiro, ergamos as bandeiras da Constituinte e mostremos à sociedade que continuamos e continuaremos organizados e mobilizados reivindicando nossa pauta.Leia a convocatória.

 

Lutadores/as de todo o país,

 

A luta pela Constituinte Exclusiva do Sistema Político continua! Num momento em que várias propostas dispersas de Reforma Política aparecem, vindas de todos os setores da sociedade, sai na frente quem tem firmeza na pauta e uma proposta justa e concreta. Na verdade, já saímos na frente desde 2013, quando iniciamos nossa campanha denunciando os entraves do atual Congresso, que não permitirão nunca que ele mesmo aprove uma Reforma Política com interesse popular. Somente uma Assembleia com representantes do povo, eleitos exclusivamente para isso, pode garantir uma ampla reforma do Sistema Político.

 

A presidenta Dilma Roussef recebeu, em 13 de Outubro, o resultado de nossa campanha: quase 8 milhões de votos coletados, com a ampla maioria respondendo SIM à convocação da Constituinte. Logo que eleita, ela voltou a defender a Constituinte em rede nacional de televisão e foi rebatida por setores conservadores que instauraram uma falsa polêmica entre plebiscito x referendo, transformando a forma no conteúdo.

 

Por isso, é fundamental que, na ocasião da cerimônia de posse da presidenta, no dia 1º de Janeiro, ergamos as bandeiras da Constituinte e mostremos à sociedade que continuamos e continuaremos organizados e mobilizados reivindicando nossa pauta. Sabemos que apenas com muita pressão social conseguiremos avanços e essa é uma ótima oportunidade para intervir e demonstrar mais uma vez a força dessa ampla frente criada em nossa campanha.

 

Seguem abaixo orientações para a ida a Brasília em 1º de Janeiro, que devem ser seguida pelos comitês, com auxílio dos Comitês Estaduais.

 

1)    Mobilização

É importante garantirmos o máximo possível de mobilização nos estados. Como não há como prever com muita precisão o número de pessoas que estarão na posse, o ideal é garantirmos um massivo “bloco da Constituinte”.

Diversas entidades nacionais já estão preparando a ida a Brasília com meios próprios e divulgando a todos os interessados, para além de suas bases. Por isso, a primeira ação a se fazer é procurar tais entidades verificando a possibilidade de aproveitar o transporte para levar os militantes do Plebiscito.

De qualquer forma, deve-se investir na opção de ônibus e vans fretados exclusivamente para a militância de nossa campanha.

 

2)    Local e horário de encontro

Teremos um ponto de encontro próprio em Brasília, provavelmente a sede de alguma entidade. Será um ponto de apoio para nossos militantes e todos devem se encontrar nesse local na manhã do dia 1º de janeiro. É importante que os ônibus se programem para chegar por volta das 8h da manhã de 1º de janeiro ao local combinado.

Esse local ainda não está definido, mas enviaremos os detalhes assim que soubermos. É muito provável que seja em algum local no Plano Piloto, próximo à Rodoviária do Plano.

 

3)    Materiais

A orientação é que todos os materiais produzidos fiquem a cargo dos estados. Apostamos em três diferentes modelos de materiais, podendo haver outros a depender do que os estados avaliarem:

1-    Adesivos: enviaremos um modelo de adesivo a ser impresso pelos Comitês Estaduais massivamente;

2-    Pirulitos: a ideia é produzir pirulitos com a identidade da campanha, em grande número. Todos os militantes presentes devem estar segurando um pirulito da Constituinte. Pode-se usar cartolinas e qualquer haste de madeira ou plástico, como utilizado em bandeiras.

3-    Faixas: é importante que cada estado produza uma grande faixa com a identidade da campanha, destacando nosso bloco em meio à massa presente.

 

Logo enviaremos os arquivos com a identidade, que deverão ser utilizados na impressão/confecção desses materiais.

 

 

Constituinte Quando???

Já!!!

 

 

 

Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político

www.plebiscitoconstituinte.org.br

www.facebook.com/plebiscitoconstituinte

Ano: 
2014
Idioma: 
Português
Fonte: 
Secretaria Operativa Nacional